Prime Contabilidade

Caixa Econômica Federal anuncia linha de crédito para capital de giro para o setor de turismo

Hoje, a Prime Contabilidade traz mais uma notícia positiva em meio ao cenário negativo provocado pela pandemia de coronavírus. A Caixa Econômica Federal e o Ministério do Turismo anunciaram a liberação do crédito de 1,2 bilhão para empresas do setor.

Diferentemente da ação anterior feita neste sentido, agora, a medida também atende a micro e pequenas empresas, ou seja, aquelas que faturam até R$ 4,8 milhões por ano. Outro detalhe importante que gostaríamos de destacar nesta nova liberação de crédito é a flexibilização na apresentação de garantias para obter acesso ao financiamento. Na atual fase, o contribuinte consegue tomar o empréstimo com mais facilidade.

Como o empreendedor poderá pagar o empréstimo?

De acordo com informações divulgadas pela Agência Brasil de Notícias, o empresário poderá pagar o empréstimo nas seguintes condições:

  • Juros de 5% ao ano, mais a taxa Selic (juros básicos da economia, atualmente em 2,75% ao ano);
  • Pagamento em até 60 meses (cinco anos). O empresário começará a pagar a primeira parcela depois de 12 meses de carência.

Quem pode tomar o empréstimo?

Ainda segundo a mesma matéria da Agência Brasil de Notícias, o contribuinte que deseja ter acesso à linha de crédito especial oferecida pela Caixa Econômica Federal e pelo Ministério do Turismo necessita ter:

  • Mais de 12 meses de constituição (ou seja, empresa aberta por, no mínimo, um ano) e o certificado do Cadastur, cadastro de prestadores de serviço emitido pelo Ministério do Turismo que garante acesso a financiamentos oficiais e o apoio em eventos e feiras turísticas. O cadastro pode ser feito no endereço https://cadastur.turismo.gov.br;
  • De posse do certificado, a empresa de turismo pode contratar a linha de crédito numa agência da Caixa ou entrar em contato com o banco por meio da página Caixa com Sua Empresa. Em outras palavras, nem é preciso sair de casa para solicitar o acesso a esta linha especial de crédito.

Obviamente, por causa das restrições impostas no combate à disseminação do coronavírus, bem como pela retração econômica que prejudicou – e ainda atrapalha – os planos de viagens de diversas pessoas, o setor de turismo foi um dos mais afetados em termos financeiros durante este período pandêmico.

No entanto, esse crédito pode ser algo fundamental para as empresas se manterem ativas e, consequentemente, preservar empregos em um momento tão difícil como o atual vivido no Brasil.

Esperamos ter ajudado com este post. Para outras sugestões e medidas em prol de uma gestão empresarial assertiva, conte sempre com a Prime Contabilidade. Contate-nos pelo telefone (11) 3170-1313 e e-mail contato@prime-contabilidade.com. Siga também o nosso escritório nas redes sociais e não perca nenhum texto do blog!

Compartilhar