Prime Contabilidade

Parcelamento de débitos do Simples Nacional pode aliviar caixa de pequenas empresas

Apesar do retorno das atividades econômicas, a situação financeira das empresas brasileiras ainda não é a das melhores. Segundo a Confederação Nacional do Comércio (CNC), 135 mil lojas fecharam as portas no País durante a pandemia.

Isso porque, obviamente, o faturamento caiu bastante no período e não há como dizer que ele retornará ao patamar antigo em breve. Porém, se houve uma queda natural nas vendas, há outros meios para as empresas sobreviverem a uma das piores crises de todos os tempos.

Uma das alternativas é o parcelamento de débitos tributários das empresas que estão inseridas no Simples Nacional. Caso se encaixe nesse perfil e esteja passando por dificuldades, evite que tais dívidas possam causar a suspensão de suas atividades! Preste atenção na possibilidade oferecida pela Receita Federal, e explicada neste texto da Prime Contabilidade, para ganhar fôlego na administração do seu caixa!

Como funciona o parcelamento de débitos?

Ao solicitar o parcelamento de débitos no site https://www.regularize.pgfn.gov.br/, o empresário acessará o cálculo feito pelo próprio Sistema de Negociações (SISPAR). Nele, o empreendedor terá ciência do valor das parcelas, que nunca será inferior a R$ 300, e da quantidade de meses em que poderá quitar o débito – o prazo pode chegar a cinco anos, ou seja, há a possibilidade de a dívida ser parcelada em até 60 vezes.

Porém, atenção! Caso o contribuinte deixe de pagar três parcelas, haverá uma rescisão automática do parcelamento. Isso, contudo, não impede que haja uma nova renegociação. Nesta situação, o valor da primeira parcela do reparcelamento será o equivalente a 10% dos débitos consolidados. Vale ressaltar que a partir da segunda rescisão, a “entrada” passa a ser de 20%.

No site encurtador.com.br/qANRV, há todas as informações necessárias para guiar o empresário no parcelamento das dívidas ativas com a União. Além de analisar os dados contidos no portal do Governo Federal, não deixe de consultar o seu contador ou sua contadora de confiança.

Ele (a), com certeza, saberá avaliar o melhor caminho para quitar os débitos de seu empreendimento e, assim, aliviar as suas finanças. Na Prime Contabilidade, você sempre encontrará as soluções mais eficazes para lidar com o sistema tributário brasileiro!